Caravanas de todo o Pará visitam a Feira em busca de oportunidade de negócios

 

 

No Pará, os empresários convivem com o desafio de superar as barreiras impostas por um estado de dimensões continentais. Uma das soluções para este desafio é buscar capacitação e conhecimento para conseguir impulsionar ou prospectar novas oportunidades de negócios. Por isso, o Sebrae organizou e está trazendo diariamente, para a Feira do Empreendedor, em Belém, diversas caravanas com empresários de várias cidades do Estado. 

Eliel Monteiro Galvão, produtor de hortaliças do município de Maracanã, visitou a Feira nesta quinta-feira e participou da palestra do Banco da Amazônia sobre linhas de crédito. "Estou buscando crédito para adquirir novas tecnologias para melhorar minha produção de cheiro verde, pimentinha e outros temperos em geral", disse o produtor.

Neste ano, estima-se que 1.800 empresários de todas as regiões do Pará, dos mais variados segmentos de mercado, irão compor a programação do evento, buscando oportunidades para alavancar seus negócios ou vindo atrás de ideias e oportunidades. As caravanas são organizadas pelos 12 Escritórios Regionais do Sebrae, distribuídos em locais estratégicos do estado e o participante já virá inscrito em pelo menos uma atividade da programação da FE. 

Jacineide da SIlva Ipiranga, do município de Maracanã, produz mandioca, folhagens e frutas. "Estive participando da palestra do Corpo de Bombeiros. Temos a intenção de exportar nossas frutas e, para isso, precisamos ter uma câmara frigorífica. Mesmo sendo pequena, precisamos de licença e orientação dos Bombeiros. Já nos orientaram aqui", disse ela.

Fátima Paixão, coordenadora de Caravanas da Feira, afirma que a participação de empreendedores de várias localidades promove um intercâmbio de conhecimento e de oportunidades. “As capacitações oferecidas no evento contribuem para fortalecer a gestão, o acesso a inovação e a melhoria dos negócios espalhados pelo interior do estado. Por isso que a participação dos empreendedores do interior é fundamental para disseminar o empreendedorismo paraense”.