Feira abre com avanços importantes para o empreendedorismo paraense

 

Mais de 11 milhões postos de trabalho foram gerados pelos pequenos negócios nos últimos dez anos no Brasil. Só nó Pará, o segmento responde por 52% da mão de obra. Os números expressivos foram anunciados pelo Sebrae no Pará na nona edição da Feira do Empreendedor, aberta ao público nesta quarta-feira (16), no Hangar - Centro de Convenções e Feiras da Amazônia. A expectativa é de que sejam gerados mais de R$ 30 milhões em negócios durante o evento.

A solenidade de abertura contou com a presença do Ministro de Meio Ambiente, Edson Duarte; Fábio Lúcio Costa, presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará, representando o Governo do Estado; o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho; o presidente do Sebrae Nacional, Guilherme Afif Domingos; o presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae, Fernando Yamada; o diretor-superintendente do Sebrae no Pará, Fabrizio Guaglianone, e representantes de entidades de classe.

Segundo Fabrizio Guaglianone, além da geração de oportunidades de negócios, a Feira já é conhecida por deixar grandes legados aos empreendedores. “Não é a toa que somos já a segunda maior feira de empreendedorismo do Sebrae no país. Nossa proposta é fomentar e potencializar os pequenos negócios, com foco em capacitações voltadas para melhoria de gestão, ideias inovadoras para o empreendedores incrementar seus negócios e orientações para aquele que deseja ser dono do próprio negócio”, declarou o executivo.

A grande novidade que vem como injeção de ânimo aos empresários de pequenos negócios foi a assinatura do Acordo de Cooperação entre o Ministério de Meio Ambiente e o Sebrae, que possibilitará uma agenda ambiental e institucional. Entre as primeiras ações previstas estão a realização de campanha nacional de combate ao desperdício de alimento e ampliação de capacitações. “O Sebrae será um grande parceiro nesta ação pela sua capilaridade no país e não temos dúvida de que a instituição mobilizará os micro e pequenos empresários neste desafio”, ressaltou Edson Duarte. 

“Essa iniciativa será fundamental para aqueles que têm carregado o país nas costas e sustentado a economia, que são os empresários de pequenos negócios. Além disso, não existe política social se não for acompanhada de política que gera emprego e renda para a sociedade”, comentou Guilherme Afif Domingos, presidente do Sebrae Nacional.

Outras boas notícias vieram com a assinatura de dois decretos pelo prefeito Zenaldo Coutinho. O primeiro deles é o decreto que regulamenta o tratamento diferenciado e favorecido a ser dispensado às microempresas, empresas de pequeno porte, agricultores familiares, produtores rurais pessoa física, microempreendedores individuais e sociedades cooperativas de consumo, nas contratações públicas de bens, serviços e obras, também no âmbito do município de Belém. O segundo diz respeito ao decreto que regulamenta a função de Agente de Desenvolvimento e da Sala do Empreendedor, de que trata a Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006, e dispõe sobre os procedimentos para a abertura, registro, alteração, baixa e licenciamento de empresas e benefícios para o Microempreendedor Individual – MEI no âmbito de competência municipal. “Com isso, vamos incentivar cada vez mais esses grandes geradores de riquezas em Belém, que tem hoje 95 mil pequenos empresários”, afirmou o prefeito.

Depois da cerimônia de abertura, empresários e autoridades abriram oficialmente, com o corte de fitas, a nona edição da Feira do Empreendedor. Em seguida, caminharam entre os estandes espalhados pelo Hangar para conhecer as possibilidades de negócios oferecidas aos participantes do evento.

 

Negócios gerados 

 

O primeiro dia de programação da Feira do Empreendedor já apresentou bons resultados. De acordo com levantamento do Sebrae no Pará, cerca de R$ 3,7 milhões de reais foram gerados somente nas Rodadas de Negócios. No entanto, o valor consolidado deve ser superior, pois os negócios fechados pelos demais espaços do evento ainda serão consolidados. 

 

Programação

 

A Feira segue até o dia 19, com vasta programação incluindo capacitações, palestras masters, oportunidades de negócios, relacionamento empresarial e rodadas de negócios. A programação completa está disponível no site: www.feiradoempreededorpa.com.br.